Blog

Fique por dentro das novidades

A telha sanduíche faz diferença na temperatura da minha casa? E ela faz muito ruído?

Telha termoacústica

BIGtelha-metalica1.png

 

- Telhas metálicas sanduíche, telha de fibrocimento ou telha cerâmica. Será que realmente tem diferença de uma telha para outra no desempenho térmico e acústico?

 

 

Em 2018/2019 foi feito um estudo (https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/conhecconstr/article/view/21833) comparando o desempenho térmico de três tipos de telhas:

- Telhas metálicas sanduíche, telha de fibrocimento e telha cerâmica.

Quais modelos?

Telhas termoacústicas: Modelo trapezoidal de 40 mm de altura, revestimento interno em EPS (poliestireno expandido) com 30 mm de espessura na parte retangular e 60 mm na parte trapezoidal.

Telhas de fibrocimento: As telhas utilizadas apresentavam espessura de 4 mm

As telhas cerâmicas: compostas de encaixe, com dimensões de 40 cm de comprimento e 25 cm de largura apresentavam coloração externa clara (marfim)

 

Os pesquisadores fizeram o seguinte, construíram uma casinha, de 1m³. Ou seja, 1m x 1 m x 1m. Nessa casinha colocaram uma janela de 50 x 50 cm e uma porta de 80 x 50 cm.

Essa será a casinha que depois será coberta com 3 tipos diferentes de telhas.

Para isso, escolheram 3 dias consecutivos, na mesma semana, que tivessem uma previsão de temperaturas parecidas.

Em cada um desses dias, a casinha teria um tipo de cobertura.

E para todos os dias, as medições foram feitas às 9, 12, 14 e 17h.

 

O resultado que eles tiveram foi o seguinte:

 

Na temperatura de 0 – 15 °C, a telha termo acústica não reduziu a temperatura de dentro da casinha, muito pelo contrário, dentro da casinha estava com a temperatura, quase 5% mais alta que lá fora, o que é bom. Pois, isolou o ambiente e assim, ele teve uma perda menor de calor para o meio externo. Já a telha de fibrocimento e cerâmica, apresentaram uma perda de calor por volta de 8% para o meio externo.

Agora, vamos prestar atenção à temperatura de 20 – 30 °C, consideradas altas, e percebemos que a telha termoacústica possibilitou uma redução da temperatura interna em relação à externa de 21%. Ou seja, se a medição externa é de 30°, internamente o ambiente estaria com 23,7°C. Em segundo lugar a gente vê a telha cerâmica, que reduziu em 12,1 % e por último a de fibrocimento, com uma redução de 10,7% na temperatura do ambiente interno em relação ao externo.

Na última faixa de temperatura, a telha termoacústica também se mostrou mais eficiente.

Esse estudo traz, portanto, um resumo dessas reduções de temperaturas e segundo ele, em temperaturas acima de 20°C, a redução média da temperatura proporcionada pela telha termoacústica é de 18%. E as médias de redução de temperatura entre as telhas de fibrocimento e cerâmicas ficou muito próxima, 10,4 e 10,8 respectivamente.

Com isso, fica claro que a telha termoacústica proporciona sim uma redução da temperatura em maior que os demais tipos de telhas, testados nessa pesquisa.

 

 

 

 

Agora vamos falar sobre ruídos!

Sim! Eu vejo todos os comentários e dúvidas de vocês sobre os ruídos que aparecem nas telhas termoacústicas.

Esse ruído, composto por estalos, que parece às vezes um farfalhar de folhas em cima do telhado, ocorre em telhas termoacústicas que recebem seu recheio no formato telha + cola + recheio + cola + telha. Essa composição é comum em telhas termoacústicas com recheio de poliestireno.

Lembra?

A telha termoacústica possui 3 tipos de recheios mais comuns:

- Poliestireno que chamamos de EPS

- Poliuretano que chamamos de PU


- Poliisocianurato que chamamos de PUR

 

  As telhas de poliestireno geralmente são feitas com cola.

Tem a telha metálica, passam cola, depois vem o recheio de poliestireno, mais uma camada de cola e a última camada de telha.

 As telhas de Poliuretano e poliisocianurato o “recheio” é injetado nelas, e dessa forma, não tem a cola.

 

Uma vez entendido que há essa diferenciação entre métodos de fabricação das telhas sanduíche, é importante entender sobre a dilatação dos dois tipos de materiais.

 

Chapa metálica e o recheio.

A chapa metálica é feita de um material condutor (metal), ou seja, ele esquenta muito rápido e perde calor na mesma velocidade. Portanto, meio dia, bate aquele solzão na telha, ela esquenta quase que imediatamente. Quando vem uma nuvem e faz sombra, ela esfria rapidamente também. Esse processo de esquentar e esfriar faz com que a chapa metálica dilate (aumente de tamanho) e contraia. O Poliestireno, encontrado dentro da telha, o recheio, não dilata nem retrai no mesmo ritmo, porque o material é um isolante, não um condutor.

Então, quando há esse estica e encolhe da chapa galvanizada, ela acaba descolando do poliestireno do recheio e com isso, faz alguns ruídos ou estalos.

Telhas sanduíche fabricadas com Poliuretano e poliisocianurato não farão esse ruído, uma vez que não há o risco de soltarem da cola. Pois foram injetados, enquanto o produto está líquido ele gruda na superfície inteira da chapa metálica.

Caso você seja uma pessoa mais sensível aos ruídos, utilize as telhas com PU ou PIR e se programe para instalar um forro de gesso com isolamento acústico na sua casa. Por exemplo, uma camada de lã de rocha, ela, além de isolar acusticamente dos ruídos dos estalos, também colaborará para o isolamento térmico, deixando a casa ainda mais fresquinha no verão.

Voltar